Coronavírus: Empresa de telefonia de Barbacena identifica surto

Quatorze dias após a Escola Preparatória de Cadetes do Ar (Epcar) notificar o primeiro caso no que se tornou surto da Covid-19, em Barbacena, levando a contaminação de mais de 200 membros da instituição militar, - em sua maioria alunos do curso do Curso Preparatório de Cadetes do Ar -, a empresa de telefonia Oi, localizada no centro de Barbacena, descobriu que um terço de seus colaboradores estavam infectados com o novo coronavírus e eram assintomáticos.

O caso, que é caracterizado como um novo surto epidemiológico na empresa e na Cidade das Rosas, aconteceu após uma testagem em massa feita nos funcionários e de iniciativa da própria Oi.

Segundo informações apuradas pelo jornal Folha de Barbacena, a testagem de todo contingente de funcionários foi tomada após um dos trabalhadores do local ter apresentado suspeita da Covid-19. A empresa comunicou a Secretaria Municipal de Saúde (Sesap) da Prefeitura de Barbacena, que orientou, através da Vigilância Sanitária e Epidemiológica, o isolamento domiciliar de todos os outros colaboradores que tiveram contato com os casos confirmados.

A Vigilância Sanitária e Epidemiológica também informou que fez as orientações sobre a desinfecção do ambiente, além do isolamento dos casos confirmados.

Ainda não se sabe o número exato de funcionários e colaboradores da Oi infectados. Porém, já existam especulações que Barbacena pode ter confirmado nas próximas horas, mais de 500 pessoas contaminadas.

Comentários

PortalLafaiete.com.br Política de Comentários

Use e abuse do espaço, mas lembre-se de todas as regras antes de participar!

Por favor leia nossa política de comentários antes de comentar.

Participe da discussão...