Terapia Ocupacional e as Atividades de Vida Diária e Atividades Instrumentais da Vida Diária

No Brasil e outros países o TERAPEUTA OCUPACIONAL é o profissional que na resolução do Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (COFFITO) n° 316, de 19 de julho de 2006: Artigo 1º tem a prerrogativa de atuar nas AVDs (Atividades de Vida Diária) pois : é de exclusiva competência do Terapeuta Ocupacional, no âmbito de sua atuação, avaliar as habilidades do indivíduo, elaborar a programação terapêutico ocupacional e executar o treinamento das funções para o desenvolvimento das capacidades de desempenho de Atividades de vida diária (AVDs) e Atividades Instrumentais de Vida Diária (AIVDs) para as áreas comprometidas no desempenho ocupacional, motor, sensorial, percepto-cognitivo, mental, emocional, comportamental, funcional, cultural, social e econômico de pacientes.

As atividades de vida diária (AVDs) são atividades relacionadas aos cuidados pessoais (autocuidado e higiene pessoal) e à mobilidade, tarefas que realizamos para cuidar de nós mesmos, como tomar banho, comer, andar, vestir-se, utilizar um eletrodoméstico, escovar os dentes, pentear o cabelo, sendo dividida em quatro grupos:  mobilidade, cuidados pessoais, comunicação e ferramentas de controle do ambiente. Já as atividades instrumentais de vida diária (AIVDs), requerem habilidades mais avançadas, para solucionar problemas, habilidades sociais e interação com o ambiente. As tarefas da AIVDs englobam atividades como o controle da medicação, proteção, finanças, negócios pessoais e necessitam de planejamento e integridade das funções para sua execução.

O treinamento das AVDs possibilita a aprendizagem para desempenhar as atividades da forma mais adequada e independente possível, e o terapeuta ocupacional é o profissional habilitado para realizar junto aos pacientes esses treinos. A facilitação da independência poderá ocorrer de duas formas básicas: com o tratamento restaurador, que tem como objetivo recuperar habilidades perdidas por exemplo por uma lesão e que são necessárias no desempenho de uma função, ou quando isso não é possível, um tratamento compensatório/adaptativo com adaptações da atividade, utilizando equipamentos assistivos, ou mesmo alterações ambientais.

Cada treino de AVD é realizado conforme as necessidades e objetivos de cada paciente após a avalição do Terapeuta Ocupacional, podendo, então, restaurar e/ou potencializar suas habilidades, ensino de novas habilidades para crianças, treino de uma categoria de comportamentos fundamental para a qualidade de vida da criança e de seus familiares: o treino da autonomia nas atividades de vida diária (AVDs) e nas atividades instrumentais de vida diária (AIVDs).

Possibilitar ás pessoas a realização dessas atividades geram autonomia e independência, devemos começar desde cedo com as crianças os treinos para que cresçam capazes de se auto cuidar e sentindo autoconfiantes.

TO

Fabiana Rodrigues
Terapeuta Ocupacional
Crefito 4 11582 TO
31 971251411

Instagram

Referências: Benamou, R. S., Lutzker, J. R. & Taubman, M. (2002). Teaching Daily Living Skills to Children with Autism Through Instructional Video Modeling. Journal of Positive Behavior Interventions, 4 (3), 166-177.

Comentários

PortalLafaiete.com.br Política de Comentários

Use e abuse do espaço, mas lembre-se de todas as regras antes de participar!

Por favor leia nossa política de comentários antes de comentar.

Participe da discussão...