TV Assembleia apresentará monólogo sobre vulnerabilidade feminina

Histórias de mulheres em situação de vulnerabilidade social pela não emancipação econômica.

Esse é o enredo que será apresentado pela atriz Inês Peixoto em uma live na segunda-feira (29/6/20), às 19 horas.live trará para o espaço virtual a última cena da peça “Órfãs de dinheiro” e será transmitida pela TV Assembleia e pelos canais da Casa no YouTube e no Facebook

O trecho da trama, que é um monólogo, conta a história de uma empregada doméstica sonhadora. Em uma cena tragicômica, ela, que mora na casa dos patrões e é tratada “como se fosse da família”, reflete sobre suas vivências. 

Todas essas reflexões são compartilhadas com o espectador que, por meio da história, é convidado a pensar sobre a exploração do trabalho das empregadas domésticas e a  vulnerabilidade da mulher. “Há necessidade de emancipação econômica da mulher que, em muitos casos, não tem oportunidade de estudar ou de escolher uma profissão que promova uma vida melhor. Além disso, precisamos pensar como alguns tipos de trabalho são considerados menores”, explica Inês.

Essas questões são apresentadas pela empregada doméstica que está num parque, esperando o namorado para um passeio de canoa. Não por acaso. A canoa simboliza a travessia que as mulheres ainda estão fazendo em busca da igualdade de direitos. “Precisamos alcançar a outra margem”, destaca Inês. 

O monólogo foi escrito pela atriz que, ao longo dos anos, foi acumulando materiais sobre a condição da mulher a partir de leitura de obras ficcionais e de experiências pessoais. Uma dessas obras é o livro “Modernismo localista das Américas”, de Paulo Moreira, que analisa 15 contos de William Faulkner, Guimarães Rosa e Juan Rulfo. “Escrevi motivada por ser mulher, por já ter enfrentado várias situações difíceis e pelo meu desejo de pensar a mulher em várias esferas. É uma maneira de colocar questões que me incomodam na atualidade”, explica Inês.

Na peça, que tem direção de Eduardo Moreira, fundador do Grupo Galpão, outras duas histórias são contadas: uma mulher explorada sexualmente desde criança e uma refugiada que luta para sobreviver com seu bebê.

Currículo - Com quase 40 anos de carreira, Inês Peixoto é atriz e diretora, com trabalhos no teatro, no cinema e na televisão. Ela integra o elenco do Grupo Galpão desde 1992 e já foi agraciada com 12 prêmios por sua atuação em teatro e três prêmios por sua atuação em cinema.

Comentários

PortalLafaiete.com.br Política de Comentários

Use e abuse do espaço, mas lembre-se de todas as regras antes de participar!

Por favor leia nossa política de comentários antes de comentar.

Participe da discussão...